…NOSSAS AVENTURAS EM TERRAS LUSITANAS.
Como muitos já sabem, na semana passada o Grupo Matula e a Boa Companhiapartiram para a cidade de Évora, que fica na região do Alentejo, em Portugal. Na bagagem, espetáculos e atividades formativas, inspiradas na obra da escritora Hilda Hilst, na forma do evento O Feminino, o Verso e a Cena.
Esta aventura além-mar foi possível por meio do Edital de Intercâmbio e difusão Cultura, em parceria com a Universidade da Évora, especialmente com o apoio dos professores Isabel Bezelga e Tiago Porteiro, além do apoio também da Reitoria da Unicamp, e do Cid Figueira, ator e diretor do espaço A Bruxa Teatro.
Além das diversas atividades, houve um encontro pra lá de especial: fomos recebidos pela matula Melissa Lopes, que está há quase um ano em terras lusitanas finalizando seu doutorado. Assim, embora do outro lado do oceano, pudemos nos sentir chegando em casa, nesse reencontro atravessado de saudades e carinho…

988616_634601576552982_1842317900_n
Aqui vai um pouquinho de imagens e relatos, dessa semana intensa de afetos!

Espetáculo Agda

Nos dias 13 e 14 de julho foi a vez de Agda entrar em cena!
O local escolhido foi o A Bruxa Teatro, sala localizada num edifício histórico, dentro das muralhas de Évora. Não poderia haver lugar melhor!
Lugar “Caloroso, Inventivo, móvel. Com uma certa ideia – alta- do ser humano e uma certa ideia larga do teatro. E confiança na nossa capacidade de juntar um pouco de sentido e de beleza à existência” (é com essas palavras, que A Bruxa se apresenta logo na entrada do teatro) Fomos muito bem recebidas por pessoas atenciosas, que nos receberam com muita eficiência: Cid Figueira, Vanda Rufo e o técnico João.

publico agda (3)
Ora pois, fica aqui uma saudade nostálgica do Tejo embalada por um bom fado português.
Até a próxima!
Um grande abraço,
Matula(s)